segunda-feira, 29 de março de 2010

ULTIMO SONHO


Quando penso no amor que não conheço,
mas que já tive no mais belo sonho,
inda hoje me comovo, inda suponho
bater mais forte o peito, inda estremeço!

sonho de amor talvez que não mereço,
ou que não vive em coração tristonho,
porém, na vida, todo esforço ponho,
para sentí-lo, quando mais padeço!

Unico bem talvez da minha vida,
talvez consolo para a dor que tenho,
quando recordo uma ilusão perdida!

Sonho de amor, ventura triste e mansa,
último sonho que buscando venho,
quando me anima um pouco de esperança!


3 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

É claro que o amor um dia vai chegar, as vezes de forma mais inesperada aí é só abrir o coração e deixá-lo entrar.
Um abraço

Layara disse...

...quando há uma esperança a vida sorri,
os sonhos parecem se concretizar, ganham cores e quase podemos tocar...
A vida sorri quando sentimos que o Amor pode chegar...somos assim...sempre esperando,sonhando,querendo...

Lindas letras Poeta!

Beijo!

Paz e Luz! (sem economia Você Merece)

Denise Guerra disse...

Amor é dor que doi a qual não desistimos de sentir. Tomara que vc tenha últimos sonhos tão bonitos todos os dias. Bjs!