sábado, 4 de dezembro de 2010

B U R R I C E

O burro é antes de tudo, um feliz.
A burrice, como inteligência, é uma qualidade,
ser burro é não saber o que diz,
é ter a vantagem de dizer sem maldade.


Sofrem os inteligentes com a burrice alheia,
mas não sofrem os burros com a inteligência;
o burro ser inteligente não anseia,
os inteligentes tem medo da demência.


O burro sofre menos com a vida e não tem medo da morte
porque simplifica o seu pensamento.
Joga com o azar, ou com a sorte,
aceita o que vier no momento.


Serei eu um burro porque sou feliz?

Tácito

3 comentários:

Solange disse...

tento tanto simplificar...

excelente texto ! me fez lembrar um, do Oswaldo Montenegro, sobre o chato...

beijo carinhoso Tácito...

Guará Matos disse...

Ser burrou, ou inteligente. Uma questão de percepção, ou alienação.
Sei lá, acho que estou ficando burro.
Bjs.

lucidreira disse...

Se diz dos seres humanos que eles são superiores por ser dotado de inteligência, por isso é diferenciado dos demais animais. Mas, é, o unico que mata o seu semelhante por prazer e não come. Daí o conceito de burrice é mera especulação.
Abraço