domingo, 13 de junho de 2010

VASTIDÃO E SAL




Desenrolar
os meandros da noite
para retorno perplexos.

A alma é um continente
com um flanco
em cada hemisfério.

Por mais se naveguem
os mares,
ainda resta o mistério.


(Carrego meus afogados e guardo...)

Tácito

6 comentários:

Guará Matos disse...

Todos nós carregamos nos mares do nosso interior mistérios que muitas vezes não conseguimos decifrar.
Abraços.

Wanderley Elian Lima disse...

Desvendar os mistérios da vida é um grande desafio.
Um abraço

Maria Ribeiro disse...

Tácito-XAnadu: o mar e a alma... dois profundos interiores. em cada hemisfério de mim... de ti... dos outros...
Mas o POETA não se cala nunca. pois pode ajudar a dar respostas...
Beijos de
Mª ELISA

Solange Maia disse...

talvez este seja o grande desafio...

talvez...

beijo grande Tácito !

Paulo Braccini disse...

a alma de cada um guarda mistérios que só se revelam para poucos eleitos ...

bjux

;-)

Denise Guerra disse...

É por causa dos mistérios que desejamos seguir mais a frente, a coragem vem mais do inusitado. Bjs!