sexta-feira, 5 de março de 2010

ASSIM MESMO...


Estamos onde estamos. Somos assim e pronto.

Nem a pérola estranha que habita na gente

nem o limo que toca a parede do peito

podem qualquer razão sobre a nossa razão.

Somos atalhos racionais afluentes devidos

e estamos em toda geração

PERDIDOS.

3 comentários:

Layara disse...

... e nos encontramos nas encruzilhadas perdidas dos dias, almas inquietas repletas de outras tantas saudades.
Sem razão ou com razão, somos Nós assim.


Beijo!

...as folhas anunciam o outono e livremente se desprendem dos galhos, completaram um ciclo e agora enfeitam de amarelo o chão da calçada como tapete esperando o inverno pisar o frescor dos dias...
mARa.

Guará Matos disse...

E sabe que você tem razão, Tacito!
Estamos onde devemos estar.
Abraços.

Wanderley Elian Lima disse...

Realmente , entra geração, sai geração o homem continua procurando a si mesmo.
Abração