quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

VIANDANTES


Irei contigo onde fores!
Precisas estar comigo.
Mesmo que vá para longe,
Além de nós mesmos
Só há um adiante:
Onde NÓS estivermos.

Distâncias não se realizam
Caminho não é direção.
Sem encontros não existem,
Fixam-se no nada.
Sofreguidão guardada
Para outras andanças.

Por estes não iremos!
Nós viemos,
Não podemos cindir estradas
Sob a poeira.
Percorrer o percorrido,
pode ser tempo perdido.

Podemos escolher o mar,
Estamos em paz!
Com os ritos e as rotas
De mares já navegados.
Seremos ondas calmas
Transportando recados engarrafados.