domingo, 6 de dezembro de 2009

FALA DOS DIAS PERD ( IDOS )


Nesta manhã de chuva,
percebo que a vida
não tem mais mensagem
para mim, para você.
Penso em coisas fúteis,
coisas cinzentas demais
que conversamos.
As emoções já
não crispam o teu corpo
roto de vivências duras.
Percebo que em
tuas velhas lembranças
as sensibilidades
quedaram-se, exaustas,
porque a experiência
esclerosa. e você
meu esmaecido amor,
simplesmente constatas,
como um mecanismo
automático.
Que na chuva desta manhã,
quando a vida não
nos diz mais nada,
sorris, porque não sabes,
porque o pó dos mortos
vindos com as águas
viciou nossos sentidos
já não podemos
juntar os vazios,
os nadas
e do nada,
criar redes, juntar
pensamentos sadios.
Criarmos algo novo
mesmo com o avesso
molhado até a alma.



T@CITO/XANADU

7 comentários:

Solange Maia disse...

quantos sentimentos...

interessantes estes caminhos pelos quais o amor passa... as vezes o salvamos, as vezes não...

lindo....

beijo

Layara disse...

Ola Poeta Lindo!

lembranças esclerosadas...gostei dessa construção...
e de tudo o que conversamos de nossos vazios, não podemos tecer outra rede...

ainda fica um vazio quando falamos de outros vazios...

Palavras sentidas e molhadas de sal.

Beijo e ótima semana com tudo de bom que desejares!

MMLI disse...

Amor, vazios fazem "parte" da vida do homem e nem sempre conseguimos tirá-los... aprendemos a conviver com eles.

Beijos no coração, meu lindo

Layara disse...

...rsssss...meu Lindo, amei teu comentário, amei mesmo,mesmo de amar apenas amor então é matemática com duas incognitas e um xis pra resolver a questão e um ipsolon que nada diz...boa, amei, dá uma interessante poesia, vamos escrever, um desafio a nós explicar o amor segundo a matemática...
Beijos e amei, fez-me rir, estava mesmo precisaando rir um pouco.

bom dia e vai chover...

Layara disse...

...rsssss...meu Lindo, amei teu comentário, amei mesmo,mesmo de amar apenas amor então é matemática com duas incognitas e um xis pra resolver a questão e um ipsolon que nada diz...boa, amei, dá uma interessante poesia, vamos escrever, um desafio a nós explicar o amor segundo a matemática...
Beijos e amei, fez-me rir, estava mesmo precisaando rir um pouco.

bom dia e vai chover...

Chá das Cinco disse...

O teu estilo é único, gosto muito de ler as tuas poesias e os teus textos.

Acabei de ler(O óbvio da Representação) muito bom, você deu um aula de coerência.
Gostei da dica.
Bjs

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,