quinta-feira, 14 de outubro de 2010

E S T R E L A

Repito palavras quietas, pequenas.
Não há mais estradas.
Uma só estrela toma
tudo só para si.
O objetivo da luz.
O último ponto sozinho.
Ponto de onde se sente o perfume
da casa segura.
Brilho tão forte de brilhar
de vir e retornar.

Tácito

3 comentários:

Guará Matos disse...

Amor forte e verdadeiro que faz o homem gemer sem sentir dor.

Abraços.

Maria Ribeiro disse...

LINDO! SOU FELIZ! TE vejo brilhar!
BEIJO
Mª ELISA

lucidreira disse...

O ponto de luz do infinito prazer de AMAR.
Abraço