quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

REFLEXÕES


REFLEXÕES

“O Poeta é o ápice da evolução”
(Rimbaud)

Pensando nessa afirmação de Rimbaud, até concordei com ela, mas, somente depois de concluir que poetar e evoluir só são possíveis no plano da realidade ordinária, logo, a vida pode ser um sonho. Mas, a poesia não.
Se eu não sonhar, como irei criar ou deformar minhas imagens reais para traduzi-las em linguagem poética? Lançando mão da subjetividade da realidade? Não, prefiro a imaterialidade. Prefiro o direito de criar e sonhar. Embora, nunca tenha sonhado (que eu me lembre!), no sentido comum da palavra, (será a posição que durmo?) consigo, sonhar acordado. Sonho ou insanidade eleva-me a esse ápice evolutivo ao qual acredito que Rimbaud, tenha se referido.
Evolução, é outra palavra também, muito subjetiva. Mas, se tratando de evolução mental, pergunto-me: Consigo evoluir mentalmente sem “sonhar”? Não sinto falta dessa atividade onírica. Por não sonhar, desconheço a hermenêutica do sonho, portanto, os sonhos não me inspiram. Deliro, alucino, não sonho, vejo (?) duendes doentes, dialogo com os fantasmas da noite, visito as divindades, experimento medos e desejos, ouço o eco da alma, compreendo e ouço o silêncio, tão imbuído de significado. Mas as vezes, o silêncio pode ser tão eloqüente, que penso o preferir, ao burburinho da realidade ordinária. Onde, até os bichos sonham, segundo, os estudiosos dos sonhos.
Uma vez, que não me foi dado adentrar o “reino de Hades”, para poetar, não preciso sonhar. Preciso somente da minha insanidade, terrores e festas. Não invejo aqueles que podem sonhar. E, esperam seus sonhos de braços abertos, como a melhor das realidades. Não sei se uma vez fora da realidade, que faz evoluir, minha poesia poderá alçar vôo rumo ao ápice. E, eu poeta solitário escalarei o vértice mais difícil, rumo ao cume. E daí, se me virem verter lágrimas de sangue? Direi, que estou usando colírio de groselha. No mundo dos pesadelos (sonhos pesados), só acontece o que eu quiser. Quando chega a noite, sonhos meus, diante da tua recusa em segredar-me em silêncio, infliges às leis do imaginário, privas-me do direito de criar e sonhar. Então, pego a mala, e por entre névoas te convido e vou: Vem comigo e sê, estou contigo vê?
Talvez, eu queira sonhar, mas só para conhecer outras faces distintas de uma mesma realidade, abordar a efemeridade, a transitoriedade, a instantaneidade da vida como ela não é. Sonhos reais (ordinários), são paradoxalmente mais ficção literária que relato histórico. Relatar o óbvio, o cotidiano, não me interessa, de forma alguma, prefiro estar no silêncio absoluto, para ver erupcionar um som, ouvir o grito de uma múmia, ouvir e ver o emergir do monstro da lagoa, testemunhar o enterro da última quimera.



T@CITO/XANADU

3 comentários:

Anônimo disse...

Marisa:
Li reflexões. Visualizei seus argumentos e sentimentos, sua defesa e interpretação. É bem verdade que os sonhos são sentimentos respirados e depositados no interior de nosso subconsciente. Acredito no grau da emoção desta energia industrializada no longo do tempo de nossas vidas. A fragilidade humana é uma dimensão imensurável de emoção. A arte é uma ponte entre o bem e o mau, o amor e o ódio. Acredito eu que este é o exercício do humano. São complexas suas palavras de uma dimensão universal de conteúdos, são varias ramificações entre tantas discussões que se possa traçar a partir de suas reflexões.
Para mim foi uma boa contribuição. Obrigada por ser essa pessoa que tu és!

Canteiro Pessoal disse...

"O Poeta é o ápice da evolução"; não acredito que tão somente os poetas são o ápice da evolução, mas que o ser humano em questão, cada qual, escritores com suas próprias vozes, próprias histórias.

Valioso seu escrito e seu espaço em questão.

Amei sua visitinha ao meu espaço, seja sempre bem vindo.

Abraços e paz !

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,